17 de outubro de 2017 - 16:31

Topfull

Notícias

25/06/2017 12:51

Grupo que atuava em fraudes com cargas de soja é desarticulado após tentativa de homicídio

Três homens envolvidos em um esquema de fraudes no transporte ou seguro de cargas de soja, que ainda está sendo esclarecido pela Polícia Judiciária Civil, foram presos no município de Confresa (1.160 km a Nordeste), na quinta-feira (22).

Dois dos envolvidos, pai e filho, Maciel Alves Fernandes, 48, e Guilherme Figueiredo Fernandes, 25, foram presos por tentativa de homicídio, sequestro e cárcere privado. O terceiro preso, Lnayell Carvalho Sobrinho, 30, que também figura como vítima, foi indiciado na associação criminosa. Ele é morador do Estado do Tocantins, onde também responde procedimento criminal.

Um quarto suspeito, Maciel Alves Fernandes Junior, que leva o mesmo nome de seu pai Maciel Alves, está foragido. Teria sido ele o autor dos disparos contra o também suspeito, Lnayell.

Tudo começou a ser apurado, na tarde de quinta-feira (22.06), quando Lnayell, ferido por disparo de arma de fogo, pulou da carroceria de uma caminhonete, procurando ajuda em uma construção, alegando ter sido sequestrado. A Polícia Militar prestou socorro à vítima, que foi hospitalizada, e comunicou a ocorrência à Polícia Civil.

A Polícia Civil constatou que a vítima fazia parte de um grupo criminoso, que teve  problemas na realização de um negócio contratado com outra empresa transportadora, que figura como vítima. A empresa pagou antecipadamente R$ 210 mil, por uma carga de soja, mas suspeito Guilherme Figueiredo Fernandes e seu irmão, Maciel Alves Fernandes Junior,  não conseguiram entregar o produto, tento inclusive transferido um imóvel para saldar a dívida, pelo fato do esquema ter dado errado.

Os irmãos recorreram a Lnayell Carvalho Sobrinho, que recebeu o valor de R$ 60 mil, para providenciar uma carga de soja. Mas o produto não foi levantado pelos criminosos, ocorrendo prejuízo ao suspeito, aos irmãos e seu pai, que em razão disso resolveram atentar contra a vida do também suspeito Lnayell, mantendo-o em cárcere privado, amarrado em uma chácara, no município de Confresa.

A suposta vítima investigada, contou aos policiais que foi procurada no Estado do Tocantins por um dos irmãos, o Guilherme, para que fosse providenciada uma carga de soja, em troca receberia sua parte. Ele disse ter aceitado a proposta e ficou responsável por conseguir além da soja, os motoristas para fazer o transporte da carga.

Como não conseguiu arrumar a carga e por já ter gasto parte do dinheiro recebido, passou a ser pressionado pelos irmãos para devolver o dinheiro, visto que também teriam que restituir o empresário que comprou a soja.

Por conta disso, foi colocado em uma caminhonete e levado até uma chácara na zona rural do município, onde ficou amarrado e foi mantido em cárcere sobre ameaças com arma de fogo para que ele arrumasse o dinheiro.

Certo momento, o suspeito/vítima, narrou que com medo de ser morto, aproveitou do descuido do trio e saiu correndo por uma região de pasto. Porém, foi alcançado por Maciel Junior e alvejado por dois disparos de arma de fogo, vindo a cair no chão e sendo novamente capturado. Ele foi novamente amarrado e colocado na carroceria da caminhonete, que saiu da chácara. No trajeto, mesmo alvejado e amarrado conseguiu se soltar e pular da caminhonete em movimento vindo a procurar socorro.

Diante dos fatos, os policiais foram até a residência de Guilherme, e efetuaram a sua prisão, posteriormente prendeu o pai Maciel, em outra residência  onde mora com o filho mais novo, Maciel Junior, que não foi encontrado. Ele é apontado como autor da tentativa de homicídio.

A caminhonete Triton utilizada pelos criminosos também foi apreendida.Todos foram encaminhados à Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte.


Copyright  - Top Agitos o original - Todos os direitos reservados

Disk Eventos

Fone: (65) 98100-0022