19 de setembro de 2017 - 10:23

Notícias

25/06/2017 13:04

Fortalecimento do SUS e Atenção Básica foram temas destaques da última Pré-conferência de saúde em Cuiabá

Realizar uma saúde preventiva na Atenção Básica e por conseguinte fortalecer o Sistema Único de Saúde. Esses foram os temas que deram o tom da 8ª e última etapa da ‘Pré-Conferência de Saúde promovida pelo Conselho Municipal de Saúde de Cuiabá, com a missão de elaborar as diretrizes que nortearão a política do Sistema Único de Saúde (SUS) na Capital pelos próximos 4 anos.

O encontro, que contemplou nesta fase final a Regional Norte, aconteceu das 8h às 18h deste sábado (24), no bairro CPA 4, na Escola Dione Augusta Silva Souza e mobilizou cerca de 300 pessoas, dentre elas o vereador Orivaldo da Farmácia, que mesmo sendo da região Sul, fez questão de comparecer.  

Na abertura, a secretária de Saúde de Cuiabá, Elizeth Lúcia de Araújo agradeceu a ampla participação da comunidade, homenageou entes representativos do sistema de saúde e enfatizou. “Estamos encerrando aqui na Regional Norte as etapas das Pré-Conferências e este é o momento em que as comunidades discutem os problemas locais que serão transformados em propostas para integrar o Plano Operativo de cada regional e mais adiante, o Plano Municipal de Saúde. Além de ser um importante espaço de participação social, e uma prioridade da gestão Emanuel Pinheiro, quero reforçar que é fundamental para que a comunidade possa compreender a dimensão do Sistema Único e assim, somar forças conosco pela manutenção dos direitos sociais e contra o 'desmantelamento' do SUS”.

Conforme o Administrador Regional, Raimundo Figueiredo, a comunidade local, que juntas aglomeram grande parte da população cuiabana, ansiava por participar das decisões do município e a saúde é uma das principais preocupações da comunidade. “Estamos honrados em fazer parte desse processo. Contem conosco para modelarmos um sistema que trabalhe com a prevenção. Compreendemos que o investimento na Atenção Básica, gerará economia para os poderes públicos nas atenções secundárias e terciarias  e dessa forma, desafogaremos o Sus”, enfatizou.

Antes do inicio das discussões, a Assessoria de Planejamento da Secretaria de Saúde de Cuiabá apresentou números relacionados à Regional e após isso, seguiu as temáticas explanadas nas regiões Sul, Oeste, Leste e rurais. Outros assuntos como o fortalecimento e ampliação da participação social, modelo de atenção, planejamento e financiamento do SUS e a valorização do trabalho e educação em saúde também foram discutidos.

O coordenador da 12ª Conferência Municipal de Saúde, Júlio Cesar de Souza Garcia, concluiu que a sugestão de fortalecimento da saúde nas bases, esteve no ranking dos pareceres em todas as regionais. Segundo ele, o próximo passo será unir todas as sugestões coletadas nas oito Pré-Conferências e elaborar um plano para apresentar na ‘12ª que será realizada entre os dias 12 e 14 de julho deste ano.

“A participação da sociedade foi fundamental na construção desse processo que além de melhorar a saúde pública do nosso município, visa um SUS cada vez mais forte. Em todas as etapas ficou constatado que o fortalecimento dos atendimentos das Atenções Básicas, além de ser um desejo das regionais por ser mais próximos de suas residências é a saída para diminuir os atendimentos nas outras esferas. Com esse trabalho avançamos para 4 anos de uma saúde mais sólida e humanizada”, finalizou o coordenador.

Conferência Municipal

Em Cuiabá, a Conferência Municipal de Saúde é realizada a cada dois anos (Lei Complementar 094/ 2003) e traz importantes avanços na avaliação e proposição de diretrizes para a política municipal de saúde com a participação social.

Em sua décima segunda edição, a Conferência Municipal de Saúde de Cuiabá tem como tema central este ano “Pela manutenção dos direitos sociais e contra o desmonte do SUS”.

A etapa municipal será realizada nos dias 12, 13 e 14 de julho, no Hotel Fazenda Mato Grosso e assim como nas pré-conferências, as discussões serão norteadas pelos sub-temas, Fortalecimento e Ampliação da Participação Social (Participação Social e Garantia do Direito à Saúde);  Modelo de Atenção (Garantia e Melhoria do Acesso e Organização dos Serviços de Saúde);  Gestão do SUS (Planejamento e Financiamento do SUS e Valorização do Trabalho e da Educação em Saúde).


Copyright  - Top Agitos o original - Todos os direitos reservados

Disk Eventos

Fone: (65) 98100-0022