Quinta-Feira, 03 de Dezembro de 2020

Bolsonaro chama Doria de “bosta” e Witzel de “estrume” em gravação de reunião

Bolsonaro chama Doria de ‘bosta’ e Witzel de ‘estrume’ em gravação de reunião

Bolsonaro xingou Doria, Witzel e prefeito de Manaus em reunião ministerial

Reação inflamada do presidente foi em relação às ações de isolamento social adotadas pelos estados

Por Mariana Zylberkan – Atualizado em 22 maio 2020, 17h42 – Publicado em 22 maio 2020, 17h26

Witzel e Doria são alvos de ataques por Bolsonaro em reunião ministerial Instagram/Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro xingou os governadores do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), e de São Paulo, João Doria (PSDB), durante reunião ministerial que teve a divulgação do registro em vídeo autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Celso de Mello, nesta sexta-feira, 22.

“O que os caras querem é nossa hemorroida, nossa liberdade. Isso é uma verdade. O que esses caras fizeram com o vírus, esse bosta desse governador de São Paulo, esse estrume do Rio de Janeiro, dentre outros, é exatamente isso, aproveitaram o vírus. O bosta do prefeito de Manaus, [Arthur Virgilio (PSDB)], está agora abrindo covas coletivas”, disse o presidente. 

A reação extremada do presidente mirou adversários políticos que se posicionaram a favor do isolamento social em seus estados contrariando as diretrizes de Bolsonaro em relação à pandemia de coronavírus, avaliada por ele como um exagero e uma “gripezinha”.

A oposição a Doria e Witzel é anterior à crise provocada pelo coronavírus e foi acentuada nos últimos dois meses. Bolsonaro chamou Witzel diversas vezes de traidor, assim como Doria, depois que os governadores deixaram de apoiá-lo, apesar de terem sido aliados nas eleições de 2018.

COMPARTILHE ESSE POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️