Quinta-Feira, 23 de Setembro de 2021

Educação em Questão: Mudanças na Seduc são para melhorar os indicadores de aprendizagem, afirma secretário

Publicados 12 minutos atrás 

em 25 de novembro de 2020

Porinfocoweb

Durante audiência realizada na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (25.11), o secretário de Estado de Educação, Alan Porto, apresentou aos parlamentares estaduais o planejamento da secretaria para melhorar os indicadores educacionais de Mato Grosso, e a ampliação das metas de oferta de Educação para Jovens e Adultos com a criação da Escola de Desenvolvimento Integral da Educação Básica (EDIEB).

O gestor destacou a necessidade de mudanças estratégicas para ofertar uma melhor educação aos estudantes, e com isso, recuperar o aprendizado dos alunos, que está prejudicado não só pela pandemia, mas por falta de condições.

“Gestão pública responsável se faz com base em indicadores e acompanhamento das ações. Eu fico muito triste em saber que Mato Grosso está em 22º lugar no Ideb do Brasil”, afirmou o secretário Alan Porto.

“Isso é culpa da política educacional dos últimos 20 anos, em que não foi feito o que é necessário. O que eu estou pedindo a vocês é um voto de confiança para colocar a educação de Mato Grosso no rumo certo”, disse aos parlamentares.

O plano apresentado compara o resultado do exame de proficiência entre os Estados da região Centro-Oeste, e aponta que o Estado possui o menor percentual de desempenho, como último colocado do ranking na região.

O retorno das aulas também foi pauta. Conforme o gestor, as aulas voltarão com todas as medidas de biossegurança estipuladas pelas autoridades de saúde, sempre respeitando o distanciamento, sem nenhuma possibilidade de salas lotadas. 

“Vamos fazer uma reorganização e revezamento entre os alunos para a volta às aulas. Vamos ter cartilha com todas as medidas, recurso enviado para as escolas adquirirem materiais de higiene necessários. A nossa preocupação é com os alunos e com os professores”, ressalta.

Outro assunto abordado durante a reunião foi com relação aos investimentos na aquisição de novos materiais didáticos para fortalecer e elevar o nível de aprendizagem dos jovens.

Os alunos vão dispor ainda nas escolas dos chamados ‘chromebooks’ – computador portátil específico para a educação – como uma possibilidade da aprendizagem, e os professores terão notebooks à disposição para as aulas.

Indicadores de aprendizado precisam ser melhorados

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ensino Médio de Mato Grosso tem média de 3,4, com base nos dados de 2019. Já os anos finais do Ensino Fundamental mostram o Estado em 14º lugar com nota 4,5. Os indicadores sobre os primeiros anos do Ensino Fundamental colocam Mato Grosso em 16º na classificação, com nota 5,6. 

Entre os Estados do Centro-Oeste, Mato Grosso está na pior colocação com relação ao aprendizado da competência em leitura e interpretação de texto, e matemática.

Apenas 30% dos alunos possuem a competência de leitura, atrás do Distrito Federal (36%), Goiás (45%), e Mato Grosso do Sul (40%). Com relação à matemática, o índice de aprendizagem foi de 12%, atrás do Distrito Federal (16%), Goiás (23%), e Mato Grosso do Sul (19%).

Fonte: GOV MT

FONTE: https://www.vozmt.com.br/mato-grosso/mudancas-na-seduc-sao-para-melhorar-os-indicadores-de-aprendizagem-afirma-secretario/

COMPARTILHE ESSE POST

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️