Quinta-Feira, 03 de Dezembro de 2020

Final Ao Vivo: Isolados em hotel no Rio, finalistas falam em live sobre expectativa para decisão do ‘Mestre do Sabor’

Ana Zambelli, Dário Costa, Júnior Marinho e Serginho Jucá batem papo com Monique Alfradique

Por Gshow — Rio de Janeiro

21/07/2020 18h57  Atualizado há 3 horas

Isolados em hotel no Rio, finalistas falam em live sobre expectativa para decisão do 'Mestre do Sabor'
Finalistas falam em live sobre expectativa para decisão do ‘Mestre do Sabor’

A espera foi grande, mas daqui a apenas dois dias será conhecido o vencedor do Mestre do Sabor 2020. E quanto mais a grande decisão se aproxima, maior é a ansiedade dos finalistas. Já no Rio de Janeiro, os chefs participaram de live, na noite desta terça-feira, para dividir com Monique Alfradique suas expectativas para a final. Cada um em seu respectivo quarto, eles reviram suas trajetórias no reality, falaram um pouquinho mais sobre suas vidas e divertiram-se com a atriz e apresentadora. Confira a íntegra abaixo:

+ Finalistas dividem emoção com Monique: ‘Sensação sinistra’

Ana Zambelli

Por ordem alfabética, Ana Zambelli foi a primeira e já deu um “spoiler” do que ela pode arriscar fazer na final para surpreender os Mestres.

“Passei a quarentena no Nordeste, então conheci muitos sabores, cozinhei bastante, coisas simples, bem caseiras mesmo”, contou a chef, revelando que vai levar vários amuletos para a decisão: a cajuína, a água benta de Lourdes e uma imagem de São Jorge.

Ana destacou ainda a amizade que se formou entre os participantes e disse que vai para a final não somente em busca do título de Mestre do Sabor e o prêmio de R$ 250 mil.

“Estou indo para a final cozinhar com amigos, apesar de cada um querer muito ganhar, já viramos uma família. Tenho certeza que vai ser emocionante”, afirmou.

+ Ana supera síndrome do pânico e se realiza com o Fenômeno

Ana Zambelli cozinha na semifinal do Mestre do Sabor — Foto: Samuel Kobayashi/Gshow

Ana Zambelli cozinha na semifinal do Mestre do Sabor — Foto: Samuel Kobayashi/Gshow

Dário Costa

Também no hotel no Rio, Dário Costa disse que está aproveitando esse tempo para descansar o que não consegue por causa do trabalho e revelou que treinou um pouco durante o período até a final.

“Para não dizer que não treinei nada, treinei confeitaria para ficar tudo fresco, mas de resto foi a rotina do trabalho mesmo”, disse o chef.

Dário brincou ainda com os memes que surgiram por ele ter feito muitos pratos com frutos do mar no Mestre do Sabor e explicou sua relação com esse tipo de ingrediente.

“Sempre vivi muito com as coisas do mar em volta, e acabei criando certa resistência. Mas quando trabalhei em um restaurante mediterrâneo que dava muito valor a frutos do mar, eu aprendi muito vendo o amor e cuidado com os ingredientes que aqueles chefs trabalhavam e resolvi fazer o mesmo aqui, na minha terra”, contou.

+ Dário Costa vê mudança pessoal: ‘Aprendi muito com o tempo’

Dário Costa se destacou nas provas individuais do 'Mestre do Sabor' — Foto: Globo/Samuel Kobayashi

Dário Costa se destacou nas provas individuais do ‘Mestre do Sabor’ — Foto: Globo/Samuel Kobayashi

Júnior Marinho

Sempre humilde, Júnior Marinho se considera o menos experiente dos chefs finalistas, e, por isso, aproveitou a quarentena, quando seu restaurante trabalhou apenas com delivery, para estudar bastante para o grande dia.

“Aproveitei para estudar bastante, aprender novas técnicas. Acho que sou o que está mais engatinhando na cozinha de todos, então testei umas coisas diferentes voltadas para cozinha brasileira, que sou apaixonado”, afirmou.

O chef falou ainda sobre o seu relacionamento diário com outro chef de cozinha em casa e no restaurante, o namorado Vinicius, e relembrou momentos cruciais do programa, como quando tomou um “puxão de orelha” do Mestre Rafa Costa e Silva e quando fez um socarrat pela primeira vez.

“A Lydia falou em socarrat e eu nem sabia o que era, então fui pesquisar, vi vários vídeos, e quando vi que o tema da prova era frango orgânico, entendi que era um sinal e resolvi fazer”, contou ele, revelando que escuta funk para relaxar.

+ Júnior Marinho se vê mais forte e confiante às vésperas da final

Júnior Marinho nunca tinha feito socarrat, seu prato na fase Na Peneira do Mestre do Sabor — Foto: Globo/Samuel Kobayashi

Júnior Marinho nunca tinha feito socarrat, seu prato na fase Na Peneira do Mestre do Sabor — Foto: Globo/Samuel Kobayashi

Serginho Jucá

Se os outros estão dormindo, surfando ou ouvindo funk, Serginho Jucá diz que recorre à meditação para relaxar e conter a ansiedade antes da final.

“Pessoal brinca que antes de uma prova no Mestre do Sabor eu acabei dormindo”, contou ele, convidando Monique Alfradique para conhecer seu restaurante em Alagoas.

O chef relembrou sua avó, Yeda Rocha, e contou de onde surgiu a ideia do seu prato de entrada, a tapioquinha de siri e suas tintas comestíveis.

“Na verdade, eu fiz este prato para um artista alagoano. E este prato é um bom resumo meu”, afirmou.

E se o prato da final fosse um prato alagoano, qual seria, Serginho?

“Seria um prato da vovó, o sururu de capote, é um superclássico na família.”

+ Serginho Jucá se vê pronto para defender suas origens na final

Serginho Jucá é finalista do Mestre do Sabor — Foto: Samuel Kobayashi/Gshow

Serginho Jucá é finalista do Mestre do Sabor — Foto: Samuel Kobayashi/Gshow

A sorte está lançada. Façam suas apostas. Nesta quinta-feira, vamos conhecer o campeão do Mestre do Sabor 2020.

FONTE: https://gshow.globo.com/realities/mestre-do-sabor/2020/noticia/isolados-em-hotel-no-rio-finalistas-falam-em-live-sobre-expectativa-para-decisao-do-mestre-do-sabor.ghtml

COMPARTILHE ESSE POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️