Sexta-Feira, 23 de Outubro de 2020

Morre o jornalista Gilberto Dimenstein

Curiosidades

A

Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 10h:13 | Atualizado:CATRACA LIVRE

Morre o jornalista Gilberto Dimenstein

REVISTA FORUM

gilberto-dimenstein-morre-aos-63-anos-vitima-de-cancer.jpg

O jornalista, colunista e escritor Gilberto Dimenstein, criador do portal Catraca Livre, faleceu nesta sexta-feira (29), aos 63 anos, em São Paulo. Ele lutava desde meados de 2019 contra um câncer de pâncreas, com metástase no fígado.

De acordo com o jornal O Tempo, a causa da morte, no entanto, ainda não foi confirmada.

Quando descobriu o câncer de pâncreas, Dimenstein escreveu um relato à Folha dizendo que “renasceu” com o diagnóstico. “Hoje, é até difícil falar ​isso, estou vivendo o momento mais feliz da minha vida. Aquele Gilberto Dimenstein antes do câncer morreu. Nasceu outro”, afirmou o jornalista, em dezembro de 2019.

“Câncer é algo que não desejo para ninguém, mas desejo para todos a profundidade que você ganha ao se deparar com o limite da vida. Não queria ter ido embora sem essa experiência”, continuou.

O jornalista teve passagem por grandes veículos do país, como Folha de S.Paulo, Correio Brasiliense, Veja e Rádio CBN. Filho de pai pernambucano e mãe paraense, Dimenstein morou em Vila Mariana, distrito de São Paulo, e cursou jornalismo na Faculdade Cásper Líbero.

O jornalista trabalhou como colunista da Folha, onde também foi diretor na sucursal de Brasília. Na CBN, Dimenstein atuou como correspondente em Nova York. Ele também foi acadêmico visitante do programa de Direitos Humanos na Universidade de Columbia.

Nas redes sociais, diversos jornalistas lamentaram a morte do colega. “Morreu Gilberto Dimenstein. Uma perda imensa para o jornalismo brasileiro. Um homem íntegro, inspiração para minha geração, que lutou até o fim contra uma doença cruel. Que descanse em paz e que seus familiares e amigos encontrem conforto naquilo que acreditam e uns nos outros”, escreveu Vera Magalhães.

Carlos Andreazza, comentarista da Band, também prestou solidariedade nas redes. “Morreu Gilberto Dimenstein. Não chegamos a nos encontrar, mas estivemos próximos, nos últimos meses, em função de livro – sobre sua experiência com o câncer, que enfrentava com bravura e bom humor – que preparava para mim, encomendado depois de lindo artigo que publicou na Folha”, contou.

FONTE: https://www.folhamax.com/curiosidades/morre-o-jornalista-giberto-dimenstein/259038

COMPARTILHE ESSE POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️