Sexta-Feira, 05 de Marco de 2021

Os perigos do FaceApp: aplicativo rouba dados e é investigado até pelo FBI; veja alguns artistas que utilizaram o aplicativo:

Saiba também como pedir para o aplicativo remover todos os seus dados do sistema

Por Isabella Ottoaccess_time15 jun 2020, 13h01 – Publicado em 15 jun 2020, 12h57

 (CAPRICHO/Divulgação)

O tédio causado pela quarentena resultou no retorno de um aplicativo que fez bastante sucesso em 2019, o FaceApp. Ele, além de ser um editor de imagens, tem algumas ferramentas que permite que o usuário troque de gênero e envelheça, por exemplo. É só entrar em qualquer rede social, em especial, no Instagram, para ver que uma quantidade assustadora de pessoas se rendeu aos encantos do App, que traz riscos não tão encantadores assim.

A jornalista Gabriela Prioli também testou o App em casa

A jornalista Gabriela Prioli também testou o App em casa (@gabrielaprioli/Reprodução)

Luiz Augusto D’Urso, advogado e professor especialista em Direito Digital e Cibercrimes, alerta que o aplicativo está envolvido em vários escândalos pelo mundo de obtenção indevida de dados pessoais dentro dele. “Quando você instala, utiliza e aceita seus termos de uso, autoriza esse App a coletar e utilizar muita informação sigilosa e pessoal, como sua foto, analisar seus dados de navegação, colher diversas informações do seu celular, dentre outras cláusulas extremamente abusivas. O FBI investiga tal aplicativo e o próprio PROCON já notificou o App no final do ano passado. Não voltem a utilizá-lo”, alerta o especialista.

Mas a questão é que já voltamos, certo? (risos nervosos) Calma, existe uma maneira de pedir que o aplicativo remova seus dados do seu sistema. Quem ensinou a fazer isso foi o próprio fundador do FaceApp, Yaroslav Goncharov, em 2019, para o site TechCrunch. Se estiver inseguro, basta entrar na aba de “Configurações” do aplicativo, clicar em “Suporte”, selecionar “Reportar erros e enviar logs” e fazer sua solicitação, de preferência, em inglês, como ensinamos a seguir:

 (Reprodução/Reprodução)

Valer alertar que o criador do App disse que a empresa não compartilha os dados com terceiros, coletando-os para uso pessoal e de marketing, como muitas outras companhias fazem. Contudo, o FaceApp virou caso de FBI após Chuck Schumer, líder dos democratas no Senado, enviar um e-mail para o Departamento Federal de Investigação em 2019, perguntando se o aplicativo era seguro. A resposta foi que “qualquer aplicativo desenvolvido na Rússia é uma ameaça de contrainteligência em potencial”. É claro que tal questão é muito pautada na disputa política entre os EUA e a Rússia – e no medo que os norte-americanos têm de terem dados que possam favorecer o governo de Putin interceptados pelos russos -, mas fica o alerta.Chuck Schumer@SenSchumer

A warning to share with your family & friends:

This year when millions were downloading #FaceApp, I asked the FBI if the app was safe.

Well, the FBI just responded.

And they told me any app or product developed in Russia like FaceApp is a potential counterintelligence threat.

Page 1 of the response from the FBI.
Page 2 of the response from the FBI.

2.135Informações e privacidade no Twitter Ads1.830 pessoas estão falando sobre isso

Por ora, apesar das polêmicas, o que aparentemente o aplicativo faz é o que muitos outros fazem: colhe dados pessoais dos usuários. E o que isso significa na prática? Bom, há desde os Apps conhecidos como “espiões”, que podem repassar suas informações a terceiros assim que instalados, até aqueles que, menos perigosos, roubam dados através de permissões invasivas e internas que damos a eles (como quando autorizamos que tenham acesso à câmera do celular, por exemplo), mas sem compartilhá-los com terceiros. Neste caso, as informações servem para beneficiar o aplicativo e as pessoas por trás dele, que podem lucrar com o levantamento.

Na dúvida, é melhor não usar. Se tiver se rendido à brincadeira e usado, não se desespere e envie um e-mail para o suporte do aplicativo para que seus dados sejam apagados do sistema o quanto antes. Pode ser um processo demorado, mas que vale a iniciativa.

FONTE: https://capricho.abril.com.br/vida-real/os-perigos-do-faceapp-aplicativo-rouba-dados-e-e-investigado-ate-pelo-fbi/?utm_source=pushnews&utm_medium=pushnotification&utm_campaign=push_capricho

VEJA ALGUNS ARTISTAS QUE UTILIZARAM O APLICATIVO:

ANGÉLICA
BABU SANTANA
MAÍSA
SELTON MELLO

COMPARTILHE ESSE POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️